Blog

Excel: calculando VPL

Excel

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Email

É fundamental aprender a calcular VPL no Excel, principalmente se você trabalha com a área de finanças. O Valor Presente Líquido (VPL) é importante para a análise dos resultados financeiros da empresa, assegurando de forma rápida e eficaz.

A LSX Consulting, neste artigo, vai auxiliar você a como aplicar o VPL no Excel e otimizar suas análises.

Continue lendo!

Conheça o que é o Excel

O Excel é uma ótima ferramenta para edição de planilhas que pode ser utilizado em computadores com sistemas operacionais como o Windows, Android e iOS.

Com ele é possível fazer cálculos, montar gráficos e muitas outras construções matemáticas e comparativas dentro de seus campos e colunas.

Não só é utilizado por empresas, mas também por pessoas que pretendem organizar sua vida financeira, assim conseguindo ter um relatório de gastos dentro das planilhas.

Atualmente profissionais que possuem conhecimento avançado desta ferramenta são altamente valorizados no mercado de trabalho.

Matemática Financeira

Antes de aprendermos como é o cálculo do VPL, você precisa conhecer sobre as variáveis da matemática financeira, pois juntas proporcionam a realização de cálculos dentro do Excel. Confira:

– Valor Presente (VP);

– Valor Futuro (VF);

– Períodos (NPER);

– Taxa (TAXA);

As abreviações, são a forma em que as variáveis são utilizadas no Excel.

O VPL é a ferramenta que facilita para encontrar o fluxo de caixa futuro e até mesmo quando descontado. Assim em busca de auxiliar você em seus projetos e se é rentável, por isso pensamos em descontar o VF (valor futuro) para o VP (valor presente) chegando ao valor líquido. Também é utilizado para descontar o fluxo de caixa futuro a TMA (taxa mínima de atratividade).

Como calcular o VPL no Excel

Excel

Utilize o VPL no Excel para encontrar o fluxo de caixa ao valor presente e assim encontre o valor total.

Confira:

Ao digitar o “=VPL(“, duas informações são pedidas no Excel: valor e taxa. O valor é aquele que já falamos, o fluxo de caixa futuro e a taxa será o TMA, sendo descontado o valor do fluxo de caixa.

Informando o fluxo de caixa, você deve sempre começar pelo ano 1, já que o Excel desconta cada um dos valores adicionados ao valor presente. Além disso, no Excel é só colocar o intervalo de todo fluxo que ele automaticamente entende que se trata de valores seguidos de cada ano.

Portanto, para finalizar o cálculo do VPL, usamos a função =VPL(D2(D6:D10), informando a taxa e fluxo de caixa. Para calcular o valor final, é preciso descontar o valor do investimento que você realizou, o qual é feito na célula D15.

Veja a imagem abaixo:

Excel

Outros cuidados ao calcular o VPL

Confira na lista abaixo alguns cuidados que você deve ter em mente ao calcular o VPL no Excel:

  1. Para o VPL estar correto, deve-se somar o resultado da função VPL no Excel + o valor do investimento realizado. Utilize a fórmula: =VPL(A1;A2:A5)-B1. A A1 é a taxa, A2 até a A5 é o fluxo de caixa futuro a partir do período 1 e B1 o valor do investimento;
  2. Não tem importância se o fluxo de caixa está em meses, trimestres ou anos, o VPL atua conforme a taxa informada. Se em anos, a taxa deve ser em anos;
  3. Se o número de fluxo de caixa informado possua valor zerado, o VPL considera que nesse período o valor é de fato 0, passando para o próximo.

Agora você já está pronto para calcular se os seus investimentos estão dando o retorno que desejava com bons resultados e de forma fácil.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco no WhatsApp.

Professor Luis Claudio Sampaio é responsável técnico e principal instrutor da LSX Consulting. Mestre em Administração de Empresas – Competitividade e Estratégia. Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Pós-Graduado em Engenharia de Software com ênfase em UML.

Idealizador e CEO na LSX Consulting, empresa de software, consultoria e treinamentos que atua na região de Cascavel-PR.

Luis também é professor universitário em cursos de graduação e pós-graduação nas áreas de Engenharia de Software e Negócios, além de ministrar treinamentos in company.

Possui larga experiência em gestão e melhoria de processos utilizando a abordagem BPM e amplo domínio em ferramentas como Excel e Power Bi.

Vamos interagir?

Você também pode gostar

CONTAINSSTRING
Consultoria

Power BI: função CONTAINSSTRING

A função CONTAINSSTRING é utilizada dentro do Power BI como uso de filtro de texto.
É responsável por auxiliar na verificação da busca de palavras e frases dentro de uma tabela de dados.

A LSX Consulting te explica!

Leia mais »